Home WISE Acústica Lab Ruído Ambiente

Projectos de controlo de ruído industrial

A exposição ao ruído nos locais de trabalho tem consequências graves para os trabalhadores e muitas vezes está na origem de acidentes de trabalho, absentismo elevado e diminuição do rendimento no trabalho . Verifica-se principalmente nos ambientes industriais, em que os níveis de pressão sonora atingem frequentemente níveis acima dos valores limite de exposição, previstos no Decreto-Lei n.º 182/2006, obrigando a realização anual de uma avaliação de ruído ocupacional. Apesar de existirem equipamentos de protecção individual  (EPI) que devem ser utilizados pelos trabalhadores para diminuir a exposição ao ruído, eles não são  per se suficientes para reduzir ao mínimo os riscos resultantes da exposição dos trabalhadores ao ruído industrial.

A WISE Acústica elabora projectos de controlo de ruído em instalações industriais, definindo como objectivo a diminuição, se possível abaixo dos valores de acção inferior previstos na legislação.

A nossa metodologia de trabalho consiste em realizar um estudo de toda a instalação: a dimensão e arquitectura, os materiais presentes, a potência sonora das máquinas instaladas, o número de trabalhadores sujeitos ao ruído. Com base neste elementos elabora-se o mapa de ruído da instalação industrial, recorrendo a um software de modelização.

O mapa de ruído obtido será a ferramenta base para planear uma acção de controle de ruído eficiente, uma vez que irá permitir prever, com base numa simulação, os níveis sonoros em cada local de trabalho.

 

Industrial noise map

 

 

Modelização acústica de espaços interiores

 A modelização acústica é uma ferramenta poderosa para a concepção de espaços.

 Na indústria: sendo o ruído nos locais de trabalho um factor de diminuição da produtividade, o controlo do ruído neste locais será um factor determinante na melhoria das condições de trabalho. A modelação acústica aplicada a esses espaços permite fazer a simulação do ruído ambiente através da modelação da potência sonora das máquinas e outros equipamentos presentes no espaço, tendo em conta a estrutura e materiais de isolamento do espaço. A optimização de parâmetros acústicos tais como o RT30 , o EDT, SPL (A) , DL2 e STI (Speech Transmission Index) irá resultar num ambiente de trabalho com menores níveis de pressão sonora.    

          

 

 

Auditórios ou Salas Multiuso: nestes espaços o correcto condicionamento acústico é um factor determinante. Dependendo da sua futura utilização é necessário adequar correctamente as dimensões da sala, definir um volume “per seat” adequado à utilização da sala e fazer a verificação de alguns parâmetros acústicos. Por exemplo, no caso de auditórios o STI (Speech Transmission Index), Definition (D50) são dois parâmetros fundamentais no caso do auditório ser utilizado para para conferências, workshops e outras reuniões em que o uso da palavra é quase exclusivo.  No caso do espaço ser também utilizado para audição de música, parâmetros como o RT30 , o EDT, Sound Strength (G), entre outros irão ajudar a projectar o futuro espaço com a qualidade que lhes é exigida. Através da modelação acústica poderemos fazer várias simulações, testando volumes, arquitectura, diferentes materiais e diferentes disposições de forma a encontrar a solução adequada a cada espaço.

 

Espaços Públicos: Salas de embarque, plataformas ferroviárias e outros espaços onde é necessário que a divulgação da informação seja feita por sistemas de som exigem que a inteligibilidade da palavra seja boa, caso contrário a comunicação da mensagem é dificultada. Assim, um bom sistema de som e uma adequada distribuição de elementos difusores ou absorsors é decisiva para a optimização do parâmetro STI (Speech Transmission Index) e tempo de reverberação.